Mato Grosso

Alunos de escola de Vila Rica fazem documentário sobre educação no campo usando celular e ganham prêmio nacional

Postando e atualizado: 23-11-2018 às 09:33Hs



FONTE DA NOTÍCIA: agencia da noticia


------------------------------------
Redação



O projeto dos alunos “Escola e Comunidade: Vida e Futuro” foi premiado na 4ª edição do Desafio Criativos da Escola. Documentário foi o único premiado no estado.

Alunos da Escola Estadual Vila Rica, na agrovila de Santo Antônio da Beleza, em Vila Rica, , produziram um documentário para contar a história e mostrar o cotidiano dos estudantes, a estrutura da escola e o envolvimento da comunidade na educação do campo. O projeto denominado “Escola e Comunidade: Vida e Futuro” foi premiado na terça-feira (13), na 4ª edição do Desafio Criativos da Escola.

De acordo com o professor orientador do projeto, Felipe Tamuxi, o documentário conta sobre a vida dos alunos, a história da escola e o conteúdo que aprendem. Além disso, eles finalizam o conteúdo falando das perspectivas que eles têm para o futuro.

“Os alunos são de famílias humildes, que vivem da agricultura familiar. No documentário eles mostram as dificuldades enfrentadas. Eles se levantam às 5h, tiram leite, plantam e colhem. Depois pegam ônibus que, na maioria das vezes, quebra na estrada”, explicou.

Como está localizada a cerca de 45 km do centro urbano, os próprios moradores construíram a escola – que é multisseriada – e lutam para a manutenção dela.

Além das dificuldades, segundo Felipe, os alunos contam no documentário sobre o que aprendem na escola e como ela deve ser valorizada.

“Eles dizem que querem se formar na faculdade e um dia poder voltar na comunidade para trabalhar e ajudar as pessoas. Esse trabalho foi motivador. A escola do campo é muito desvalorizada, mas, mesmo com as condições precárias, a gente pode fazer realizar sonhos”, ressaltou.

O professor conta que o documentário foi gravado com os próprios celulares dos já que a escolar não tem recursos. A edição do curta-metragem também foi editado por meio de aplicativos de celular.

“Foi difícil, mas no final deu tudo certo. Quando apresentamos o resultado para a comunidade, muitos se emocionaram e tanto os alunos quanto a comunidade em geral se sentiram valorizados”, pontuou.

O prêmio

O projeto dos alunos “Escola e Comunidade: Vida e Futuro” foi um dos 11 trabalhos premiados. Mais de 1,6 mil projetos de todo Brasil participou do concurso.

O documentário dos alunos foi o único premiado em Mato Grosso.

No dia 4 de dezembro três alunos e o professor orientador devem ir para Fortaleza (CE) para receber o prêmio que é R$ 1,5 mil para investir no projeto, R$ 500 para o professor, um certificado e um troféu simbólico para a escola.

A escola

A comunidade começou teve início há 11 anos. No entanto, não havia nenhuma escola na região. A comunidade tem aproximadamente 200 famílias que vivem diretamente da agricultura familiar.

De acordo com Felipe, os próprios moradores conseguiram tábuas e, sem nenhum recurso financeiro, eles se reuniram e construíram a escola.

“No documentário os alunos resgataram a história do assentamento e como a educação se desenvolvem na escola”, disse.

Segundo o professor, o governo já iniciou as obras de reforma da escola várias vezes, mas nunca foi finalizada. Mas, após a iniciativa dos alunos e cobrança da comunidade, as obras foram retomadas e uma nova escola já está sendo construída no local.